1.16.2006

A CPI DO PASSADO


Bem sabem os amigos que sacrificam a sua paciência e o seu tempo, para honrar-me com a leitura deste blog, que costumo postar apenas um comentário por semana; mais do que isto, seria abusar da generosidade dos leitores.

Mas certas coisas, realmente, me tiram do sério; preciso desabafar, fazendo, digamos, uma "edição extra". Antigamente se usava este termo.

Acabo de ler, na Folha On Line, que vai ser criada uma CPI, para investigar as privatizações no governo FHC. E a expressão mais delicada que me ocorre é (perdão!) PUTA QUE PARIU! Será que esses caras não se cansam de torrar o minguado dinheiro do contribuinte?

Não tenho maiores simpatias pelo FHC; que, aliás, ensinou muitas coisas ao Lula, inclusive a mania de andar viajando, na qual o aluno superou o mestre. Assim, a minha revolta não visa defender os tucanos; mesmo porque desconfio dos bichos de bico e outras coisas muito grandes, aí incluídos o jumento, o cavalo, o leão marinho e outros bem dotados (pode até ser inveja, mas não estou aqui para me auto-analisar).

Apenas me digam, senhores: se todas as CPIs montadas não conseguiram de volta um único centavo da grana distribuída pelo careca Valério, por conta do PT, o que é um fato bem recente, de que vai adiantar para nós uma investigação das privatizações de tanto anos atrás? E o que vão investigar depois? A construção de Brasília, a morte (ainda mal-esclarecida) do Tancredo, as sandices do Collor ou a cor das cuecas do Cabral? E de que vai adiantar isso, pelo amor de Deus?!

Para o povo, de nada. Mas o PT quer vingança dos tucanos, que estão atacando a fundo a difundida corrupção da era Lula Lelé; mesmo porque o Serra e até o Alckmin têm chance na próxima eleição. Para tentar obter essa vingança e recuperar alguns votos, o Governo não se importa de gastar dinheiro; do povo, bem entendido. E lá se vão mais alguns milhões de impostos, pelo ralo da politicagem!

Como diria o eminente jurisconsulto e erudito latinista Dr. Milton: in annum eleitoralis, anus populum phudidus est!

11 Comments:

Anonymous Serbon said...

mas essa é a grande malandragem. gasta-se o ano com CPIs, e outros bichos; aí vai ter campanha eleitoral. chega o fim de ano, eles descobrem que a agenda de votações está atrasada; aí tem convocação extraordinária no recesso parlamentar. todo ano é assim.

9:16 AM  
Blogger Flávio said...

Serbon, dois adendos: essa não é A grande malandragem; é uma delas. E, realmente, a gente leva ferro todo ano... mas no eleitoral é pior! Já viu os 400 milhões pra botar cheiro de asfalto na buraqueira das estradas? :)

9:58 AM  
Anonymous Doutor Milton said...

In factum, os romanu, na Roma Antiqua, já prelecionava acerca da vexata questio concernente aos ammun eloitorum eleitoreae.
In acréscimo ao exposto, obtempero que, para as CPI dos Correio, já se gastou 4 milhão e meio de honorarium com as firma de auditoria contratada pra auditá.
"Minorum labore ad Senatum Senatorum, maximum populoris pecunnia est necessarium" - já versava os romano.

4:09 PM  
Anonymous Anônimo said...

Ano eleitoral é engraçado, todo mundo quer aparecer. Nem que seja por um causa tão ridícula como essa. Isso é achar que somos idiotas mesmo.
Sinceramente, acho que a CPI sobre as cuecas de Cabral, seria menos ridícula. rsrsrsrs, só rindo mesmo.

4:34 PM  
Anonymous Serbon said...

por falar em tapa-buraco...

porque o Aecio Mauricinho Neves diz que é incompetência do governo federal tapar buracos em estradas em janeiro, se o José Bento Carneiro Serra , prefeito do partido dele, está fazendo o mesmo aqui em SP?

6:18 PM  
Blogger Flávio said...

Dr. Milton, obrigado pelo valioso aval! Mas quer dizer que essa enrabatia enrabatoria do povo já vem desde a Roma antiga, é? Tamos ferrados!

7:36 PM  
Blogger Flávio said...

anônimo, eles têm lá as suas (deles) razões, para achar que somos idiotas. Afinal... votamos neles! Pelo menos, na CPI das cuecas, as excelências talvez fossem menos ridículas que o tema! :)

7:39 PM  
Blogger Flávio said...

Serbon, essa é fácil: porque é ano eleitoral! Nestes anos, o político é como o cara que adora comer as irmãs dos outros, mas acha errado que comam a dele!:)
Particularmente, o que eu não concordo é o anúncio de que vão gastar 400 milhões... e a obra só vai durar um ano. Não seria melhor consertar menos estradas (leia-se ganhar menos votos), mas fazer um serviço decente?!

8:07 PM  
Anonymous Lourdinha said...

Você esqueceu da morte... ainda não esclarecida... do JK !!!!!! Sei não... vai que o atual presidente, que se acha (ou se tem certeza) parecido com JK - principalmente depois da mini serie da Globo - resolve instalar uma CPI para saber tudo o que faltou...

10:00 AM  
Anonymous Lourdinha said...

Ah... nos seus próximos temas, que tal relembrar um antigo slogan utilizado pelo ACM e pelo Maluf - rouba mas faz - em cima do comentário do Berzoini, de que ''é dificil proibir as doações irregulares para caixa 2, na próxima eleição...''?

10:02 AM  
Blogger Flávio said...

Lourdinha, acho que vc leva jeito pra trabalhar com política... e tem boa memória. Vou esperar o fim da mini-série, pra ver se a Globo não "explica" a morte do ex-peixe vivo.
Qt ao Berzoini... ele acha que vai ser dificil acabar com o "Caixa 2" NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, é? Vai ser otimista assim na PQP! :)

10:25 PM  

Postar um comentário

<< Home