11.27.2005

O BÊBADO E OS EQUILIBRISTAS

Concordo com Dom Gustavo: o Lula Lelé nunca perde a capacidade de nos surpreender. Quando eu penso que ele esgotou as declarações aberrantes, lá vem o nosso sumo mandatário e coloca mais uma pérola de estupidez na praça.

Esta semana, aliás, foram duas. A primeira: dizer que o mensalão virou refrão de música. Taí... até que virou, mesmo; mas a música é o Hino da Corrupção, cantado em coro por políticos e assessores de todo o Brasil. É uma música que tem feito o povo dançar... no mau sentido. Ao contrário das músicas da Ivete Sangalo.

A segunda, foi comparar o Palocci ao Ronaldinho Gaúcho. Putaquepariu, essa foi demais! Daqui a pouco, o Lula Lelé vai se comparar ao Wanderley Luxemburgo... e essa até que seria uma comparação mais válida, pois o Wanderley vem afundando o supertime do Real (que tinha tudo pra dar certo) e a sua popularidade está cada vez mais baixa. Como a do presidente, ex-futuro-Salvador da Pátria; o que deixou de ser, sem nunca ter sido.

O que pode haver de comum entre Ronaldinho e Palocci? A aparência, com certeza não é; nem a cultura. Nem o salário, porque o do ministro é (oficialmente, claro) muito menor que o do craque do barça. Pois é: já estamos até dando apelidos aos times estrangeiros, como fazemos com os brasileiros. É uma intimidade gerada pela TV, e pela exportação de nossos melhores jogadores.

Então, persiste a pergunta. Será que a semelhança está na habilidade dos dribles? E a quem o Palocci dribla? Às CPIs idiotas, às ministras que querem aparecer, aos empresários que reclamam juros mais baixos... ou à própria incompetência do governo, onde parece ser o único que sabe o que faz?

Porque a verdade é esta: o Palocci é a última trincheira de Lula. É um dos poucos em quem o povo ainda confia; o maior responsável pelas (poucas) coisas boas que o governo do PT está conseguindo fazer. Ele é sério, competente, comedido. Não sei se também é honesto, mas convenhamos: aí já seria pedir demais!

Se o Palocci cair, o Lula Lelé ta fudido! Desculpem o palavrão, mas não conheço nenhuma palavra que defina melhor a situação do presidente “Eu não sabia de nada”, sem o único ministro que sabe das coisas.

Talvez seja por isto que o Lula compara o Palocci ao Ronaldinho: ele é a esperança do técnico incompetente a quem entregamos o comando deste time chamado Brasil.

Mas há outra pergunta incômoda: O Ronaldinho é muito bom, tanto jogando como fazendo malabarismos com a bola, como mostrou num comercial recente; é o melhor do mundo, o que não podemos afirmar do Palocci. Mas nem ele ganha um jogo sozinho. E pior: ainda leva a maior parte da culpa pelas derrotas.

Por analogia, o Palocci que se cuide. Há um cheiro de fritura no ar...

6 Comments:

Anonymous Dom Gustavo said...

Grande Mestre Flávio. Mais uma excelente análise, com belas imagens, neste belo blog.

De fato, o Palocci é o último bastião (linda, esta palavra) do governo do Lulassímio. Não por acaso, é o menos petista dos petistas.

Mas eis que leio, neste minuto, que um tal de Ademirson, assessor do Ministro, está depondo.

Não, não é possível ser idôneo quando se nomeia alguém com esse nome para assessor. Culpa presumida e incontestável.

1:06 PM  
Blogger Flávio said...

Obrigado, Dom Gustavo; sua visita e sua opinião muito nos honram. Qt ao nome, admito que "Ademirson" realmente é dose; mas o que esperar de um cara chamado "Palocci"? :)

5:40 PM  
Anonymous Anônimo said...

Estive pensando, não é que você tem razão? Veja bem: O mensalão rima com transgressão, corrupção, ladrão, charlatão, e por aí vai, quem sabe não aparece um corajoso pra compor esse hino? O que me remeteu há algum tempo atrás, quando uma musica, (que nem sei o compositor), fez bastante sucesso: Se gritar pega ladão, não fica um meu irmão.
Eles realmente, não têm culpa, (pobres coitados), são vítimas!.. Vítimas do povo ter colocado eles lá, vítimas do dinheiro fácil, da falta de cultura do povo, da facilidade em manipular com dinheiro público, e etc...

8:56 AM  
Blogger Flávio said...

anônimo, e não é que é? Eu vou acabar chorando de pena desses FDPs, que embolsam o dinheiro do povo. Qt ao hino de que vc falou (conheço), o problema é que esses ladrões não podem ser apanhados pela polícia; só por outros semelhantes. Vai daí... :)

10:11 AM  
Blogger Paulinho said...

Porra, meu tio, deixa eu desenhar no seu BLOG? Deixa, vai?

5:15 PM  
Blogger Flávio said...

Paulinho, esse era o maior sonho da minha vida; mas, já que vc não quer... tou tendo que improvisar! Continuo esperando; qd quiser, avise. Vai valorizar muito o blog, tenho certeza! :)

11:54 PM  

Postar um comentário

<< Home