10.23.2005

DE NOVO O BENDITO REFERENDO

Pode parecer que o resultado do referendo foi mais uma derrota do Governo.

Mas não foi. O Governo conseguiu o que queria: provocar um fato político que, pelo menos por algum tempo, desviou os holofotes da mídia das denúncias de corrupção.

De quebra, levou mais uma vantagem: uma vez que a própria população decidiu não proibir o comércio LEGAL de armas, não duvidem de que nós, o povo, seremos culpados, daqui para a frente, pela violência. Não faltarão políticos que digam que tivemos uma chance de proibir as armas e não o fizemos; logo, a culpa é nossa.

É um raciocínio idiota, mas bem ao gosto dos nossos políticos. O Lula já disse que os brasileiros são os culpados pelos juros altos, porque não levantam o traseiro para procurar juros mais baixos; a lógica (ou falta dela) é a mesma. Seremos culpados, porque fomos obrigados a levantar o traseiro, para dizer que não queremos ficar desarmados, à mercê dos assaltantes.

O Governo levou vantagens, portanto. Pouco importa (a eles) que essas vantagens tenham custado centenas de milhões ao já arrombados cofres públicos. Milhões que poderiam ter sido gastos em saúde, em educação ou em obras sociais.

O Lula não se incomodou de fechar os bingos e assim desempregar milhares de pessoas, para desviar a atenção do Waldomiro, assessor do Zé Dirceu, lembram-se? O mesmo Zé Dirceu que deve ser cassado agora, por corrupção, diga-se de passagem.

Mais uma vez, o Governo ganhou e o povo saiu perdendo. Onde foi mesmo que já vi esse filme?

2 Comments:

Blogger Paulinho said...

Não podemos nos acostumar...

8:44 AM  
Blogger Flávio said...

Paulinho, o pior é que já acostumamos... :)

12:14 PM  

Postar um comentário

<< Home