12.28.2005

DE NOVO: FELIZ ANO NOVO!


É... atravessamos mais um ano.

Um ano como todos os outros; em que se alternaram as tristezas e as alegrias, em nossa vida.

Um ano de vitórias e derrotas. Marcado, no setor político, pelas denúncias de corrupção. A corrupção, aliás, também não é novidade; mas é importante que esteja sendo trazida a público. Assim, quem sabe, aprenderemos a separar o joio do trigo, escolhendo os candidatos não por vantagens ou simpatias pessoais, mas pelo que poderão fazer pela comunidade, da qual fazemos parte.

Sonhos se transformaram em desilusões... das quais, por sua vez, brotaram novos sonhos. Porque a verdade é que precisamos dos sonhos, para suportar a vida; e das desilusões, para que não nos deixemos levar pelos sonhos. Diz a lenda que Isaac Newton cochilava sob uma macieira, quando uma maçã caiu sobre ele e o fez atentar para a gravidade; talvez até tenha sido, mas é inegável que ele precisou acordar, para formular a lei da gravitação universal.

Na mídia, surgem os videntes fazendo toda sorte de previsões... todas elas, do tipo “em cima do muro”: prevendo coisas genéricas, que todos sabemos que acontecem todos os anos. Delas, as mais engraçadas são sobre os famosos, que sempre terão “momentos difíceis, mas também oportunidades”. Não é isso que acontece a todos nós, famosos ou não?

Mas deixemos isso; hoje, não estou a fim de “dar pau” em ninguém. Porque, entre todos os rituais de fim de ano, existe um que sempre renova a minha fé na humanidade. Talvez o mais simples: o ato de desejar “Feliz Ano Novo”, àqueles de quem gostamos.

Parece bobagem, não é? Mas o fato é que todos os anos são iguais, trazendo-nos tristezas e alegrias. E, apesar de sabermos disto, somos capazes de encher-nos de esperanças, desejando de todo o coração “Feliz Ano Novo” e, pelo menos naquele momento, acreditando que o simples fim de um ano possa resolver as nossas dificuldades; acreditando que o novo ano será realmente melhor!

É essa ingenuidade, essa capacidade irracional de ter esperança, que me faz acreditar novamente na humanidade. E quero, agora, ter o prazer de dela compartilhar, para desejar a todos vocês, meus amigos e leitores, Feliz Ano Novo! Espero que continuemos juntos, divulgando e debatendo aqui as nossas opiniões.

DESEJO QUE 2006 SEJA UM ANO MELHOR, PARA TODOS NÓS!!!

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Diante de tantas dificuldades, tristezas e decepções que enfrentamos na vida, que seria de nós se não fosse a esperança? Ela é que faz com que continuemos a sonhar e lutar pelos sonhos. Acordar imaginando que tudo será diferente. Assim, passamos pelos dias, pelos meses e no fim de mais um ano, ainda temos alegria de desejar: FELIZ ANO NOVO! Renovando as expectativas, criando novas ilusões. É o ritmo da vida.
Que em 2006, possamos continuar nos encontrando, nessa “confraria cultural”, eu diria, e sermos brindados com seus maravilhosos textos.

8:31 PM  
Blogger Flávio said...

anônimo: esperemos, sim. Espero que possamos continuar a trocar as nossas opiniões, e que 2006 seja um ano bem melhor pra todos nós! :)

9:32 PM  
Anonymous camila said...

Oi, Flávio, que 2006 tenha vindo em missão de paz! Beijo grande!

10:31 AM  
Blogger Flávio said...

Pois é, Camila... que a paz consiga mais espaço, neste nosso mundo. E que vc apareça sempre por aqui, são os meus votos!:)

12:28 PM  

Postar um comentário

<< Home