4.14.2007

FILOSOFIA DE BEBUM


Pessoas não amam pessoas.
Pessoas amam sonhos. E sonham pessoas.

Pessoas têm opiniões próprias; que, na maioria das vezes, não combinam com as nossas. E costumam defendê-las, razão pela qual as discussões azedam os relacionamentos.

É fácil odiar pessoas. Pessoas bebem (às vezes , demais), peidam (embaixo das cobertas inclusive), arrotam em horas impróprias, ou insistem em ver o futebol exatamente na hora do final da novela (ou vice-versa). Pessoas existem; e nos incomodam.

Mas, se é fácil odiar pessoas, é difícil amá-las; até porque são umas malas sem alças. Não concordam com as nossas idéias, não querem fazer o que a gente quer, e nunca se esquecem de cobrar aquele deslize de anos atrás... nem nos deixam esquecer.

Pessoas envelhecem; barrigas crescem, peitos despencam, rolas murcham, tesões acabam. Mas quem se lembra disto, na hora do namoro? E por que ninguém se lembra? É simples: não namoramos pessoas, mas os nossos sonhos; é a eles que amamos.

Lá um dia, o sonho se vai. E começamos a ver a pessoa. Aturar os seus roncos, os seus atrasos, os seus humores. É quando começamos a reclamar, pelas mesmas coisas que durante anos nos faziam sorrir.

Pessoas não entendem pessoas; nem mesmo se esforçam para isto. Apenas perseguem os seus sonhos; acreditam neles, enquanto o conseguem. E juram amor eterno, esquecidas de que o sentimento não dura mais que a ilusão.

Pessoas não amam pessoas.
Pessoas amam sonhos. E sonham pessoas.

Pessoas procuram mudar a pessoa que juram amar, para que se torne mais semelhante aos seus sonhos. Esquecem que amar a rosa é aceitá-la, com todos os seus espinhos; arrancá-los, é tentar realizar os próprios desejos.

Pessoas não amam pessoas. E, quando as descobrem como são, é que se vão em busca de outras; ou apenas se deixam ficar, imaginando como seria bela a vida, se o amor durasse pela eternidade.

Pessoas não amam pessoas. Quando muito, conseguem entendê-las.

Pessoas amam sonhos. E é por isto que o amor continua a existir, desde o princípio dos tempos.

Porque sonhamos pessoas...

5 Comments:

Blogger Escorpiana Explosiva said...

LINDO TEXTO VC TEM TODA RAZÃO A GENTE AS VEZES DESEJAMOS TANTO UM SONHO Q ACABOS ESQUECENDO DE PERGUNTAR A PESSOA Q ESTA DO NOSSO LADO SE É O MESMO Q ELA QUER.ADOREI SEU PONTO DE VISTA E TAMBÉM SUA VISITA.BJO

1:40 PM  
Blogger Flávio said...

Cris, é por aí. Mais uma vez, estamos de acordo! ;) Bjs

10:03 PM  
Anonymous Bea said...

Oi, vc num me conhece nem nada....
tava passando e resolvi ler seu texto, q alias gostei muito. Em relação a idéia central não tem muita novidade, mas gostei da forma q vc expos isso...

"Pessoa não amam pessoas, pessoas amam sonhos"

8:31 PM  
Blogger Flávio said...

Bea, quem disse? Agora conheço, sim. :) Obrigado pela opinião e volte sempre.

11:06 PM  
Blogger Stenio Marcel said...

\o/
ta uma resenha cara a forma com q tu desenvolvel o texto,um vocabulário bem popular!!!
massa cara!
is it rock !!!!
;)

9:49 AM  

Postar um comentário

<< Home