10.26.2006

BRINCANDO DE DEUS

A água escorre, lentamente, pelo vidro da janela. Do outro lado o garoto aproxima o rosto, solta uma baforada e contempla, encantado, o vidro embaçado.

Absorto, estende o dedo indicador; traça, a esmo, uma figura sobre o vidro.


No sofá, o pai levanta os olhos do jornal. Olha para o garoto que, encarapitado na cadeira, se entretém com o vidro, respirando sobre ele e traçando as figuras que a imaginação lhe sugere, enquanto a chuva fustiga a rua lá fora.

O pai balança a cabeça. Quase não estava conseguindo ler, mesmo; o fim do mês se aproxima, as contas se acumulam, o carro precisa de conserto e as chuvas constantes começam a provocar uma infiltração, que embolora as paredes da casa.

Dobra o jornal; levanta e se aproxima, no instante em que o dedinho do garoto aprimora um círculo, toscamente desenhado no vidro embaçado:

- O que você está fazendo aí, meu filho?

O rosto infantil se volta, um sorriso nos lábios e um brilho orgulhoso nos olhos:

- Consertando o mundo, papai!

Por um segundo, os anos desaparecem. E o pai volta ao tempo em que também ele podia consertar o mundo com um dedo, no vidro molhado...



(A foto, encontrada no site 1000 imagens, tem o sugestivo nome de "uma entrada para o céu". Não parece?)

63 Comments:

Anonymous Ana Shirley said...

Sempre me permito o fascinio pela chuva, perder-me em devaneios mil a cada tilinar desta a janela, o cheio de terra molhada q quase sempre invade o ambiente me sempre me fazem esquecer que há tanto a se mudar no mundo, ao menos por alguns minutos...
belo post

11:23 PM  
Anonymous Enoisa said...

Linda história!! E gostei demais do seu posicionamento no post abaixo! Outra coisa! fiquei zangada sim! rsrsrs ocê pensar que eu ia ficar zangada com o seu comentário! De jeito nenhum, querido Flávio! Você é elegante e educado. Não tem como ficar com raiva!! Abraços!

12:37 AM  
Anonymous cilene said...

Ontem aconteceu nao essa cena, mas outra cena de inocencia, com minha filha que por segundos me fez esquecer tudo..como a inocencia e linda, e boa..bom fim de semana

1:41 AM  
Anonymous Flavia Sereia said...

Eu quando era criança pensava coisas de criança, não tinha isso de querer consertar o mundo. Mas hoje penso sim em dar uma contribuição para melhorar o lugar que moramos, esse planeta que é impar no universo. Pena que perdemos essa "inocencia" com os anos, deveria ser o contrario né?

bjs

2:45 AM  
Blogger Vera Fróes said...

Hoje, não penso em consertar o mundo, mas não quero abrir mão de fazer a minha parte. Só reclamar sem fazer nada, não dá!

Bjos.

7:12 AM  
Blogger Paulinho said...

Parece mesmo. Bonito texto. Obrigado pelo comentário na língua burra. Saudades de tomar uma cervejinha com você...

8:14 AM  
Blogger Olhos de mel said...

Flávio, que lindo texto! Quem dera se em cada adulto, ainda pudéssemos ver aflorar uma criança, uma esperança. Como as coisas seriam mais simples! Acho que não precisamos mudar o mundo. Precisamos rever nossos conceitos, nosso jeito de ser e sentir. Precisamos de amor! Isso sim falta a humanidade.
Bjs.

9:14 AM  
Anonymous Blogue da Magui said...

Bela foto, vc temr azão. Qt ao mundo torto ... sei não.O negócio é viver o dia a dia.Brasileiro é um sobrevivente e nem tem como interferir em nada.Cáspita!

11:36 AM  
Anonymous Chris said...

Que lindo o texto! Adoro textos que me deixam assim: nostálgica!

Amei a imagem também! ótimo post para se desejar um ótimo final de semana!!

Não esqueci de ti não, viu? Mas preciso solucionar umas dúvidas com uma amiga e ela está dodói. Assim que tiver os códigos de livro de visitas e de um mural de recados te falo, certo?

Inté moço!

11:38 AM  
Blogger Marcia said...

Sensacional :)

12:06 PM  
Blogger Loira em Fuga said...

Eu amei essa imagem!!!
Lindo texto, quem dera se fosse tudo realmente como as crianças pensam...

B-jussss

1:32 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Nunca quis consertar o mundo mas tinha vontade de "arrumar" as pessoas, eu sempre achei que elas estragavam o meu mundo...
Que lindo texto!
Bora deixar a chuva levar todos os problemas e sejamos como as crinaças que na sua inocencia dão lições de vida e otimismo.
Os livros chegaram, amei, estou toda besta aqui, obrigada, vc é um amor!
lindo dia
beijossssssssssssss

4:50 PM  
Blogger Ana Shirley said...

Sabe Flávio, é aquela velha historia..a grama sempre é mais verde no jardim do vizinho.. e dessa forma vou cultivando um filete de esperança que me salve daquele marasmo
=s

5:09 PM  
Blogger Flávio said...

Ana Shirley, obrigado. Acho que a chuva emociona a todos... e a esperança persiste em nós! :) Bjs

7:28 PM  
Blogger Flávio said...

Enoísa, e tem um detalhe interessante: se eu não tivesse certeza que vc ia entender... não ia comentar! ;) Obrigado, abração

7:30 PM  
Blogger Flávio said...

Filhos têm esse dom , Cilene... nos fazem esquecertudo e ver a vida melhor! :) Bom fds

7:30 PM  
Blogger Flávio said...

Deveria, sim Xará. Mesmo porque, junto com a inocência, perdemos o dom de "acreditar"! ;) Bjs

7:32 PM  
Blogger Flávio said...

Vera, é isso aí. E escrever é parte da nossa parte! ;) Bjs

7:32 PM  
Blogger Flávio said...

Paulinho, brigado. Qt à cerveja... aqui tem, viu? :) Abração

7:33 PM  
Blogger Flávio said...

Olhos doces, com certeza. Mas, enquanto existirem pessoas que realmente o sintam, o Amor estará entre nós! ;) Bjs

7:36 PM  
Blogger Flávio said...

Magui, sempre temos. Até mesmo quando escrevemos, já interferimos. Gostei do "cáspita", viu? ;)

7:37 PM  
Blogger Flávio said...

Chris, é engraçado! Eu usei essa mesma palavra, hj, para definir como estava ontem, qd escrevi o post: nostálgico. Vc acertou em cheio. Qt ao site, tou te esperando, viu? ;) Bjs

7:39 PM  
Blogger Flávio said...

Márcia, a minha vaidade agradece o seu poder de síntese! :) Bom fds, viu?

7:39 PM  
Blogger Flávio said...

Loira, brigado. A imagem é realmente linda, né? Bjs

7:41 PM  
Blogger Flávio said...

Clarinha, fico feliz que chegaram! E obrigado pela classificação do texto, viu? ;) Bjs, bom fds

7:43 PM  
Blogger Tina said...

Lindo... e como deu saudade do meu pai! Lindo texto.

beijos querido,obrigada por este momento.

Bom fim de semana.

8:25 PM  
Blogger Olhos de mel said...

Flávio, obrigada pelo carinho. Um bom fim de semana pra você.
Bjs.

1:05 AM  
Blogger Jéssica said...

Primeiramente peço desculpas pelo tamanho do comentário, q mais parece um testamento...rs...
Imagem que nos faz pensar em várias coisas... Texto lindo, lembrei da música q o Toquinho canta: Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo
Corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva
E se faço chover com dois riscos tenho um guarda-chuva
Se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel
Num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu
Vai voando, contornando a imensa curva, Norte-Sul
Vou com ela viajando Hawai, Pequim ou Istambul
Pinto um barco a vela, branco navegando
É tanto céu e mar num beijo azul
Entre as nuvens vem surgindo um lindo avião, rosa e grená
Tudo em volta colorindo com suas luzes a piscar
Basta imaginar e ele está partindo, sereno indo
E se a gente quiser, ele vai pousar

Numa folha qualquer eu desenho um navio de partida
Com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida
De uma América a outra eu consigo passar num segundo
Giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo
Um menino caminha e caminhando chega no muro
E ali logo em frente, a esperar pela gente, o futuro está
E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar
Não tem tempo nem piedade, nem tem hora de chegar
Sem pedir licença muda nossa vida e depois convida a rir ou chorar
Nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe bem ao certo onde vai dar
Vamos todos numa linda passarela de uma aquarela
Que um dia, enfim, descolorirá
Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo
Que descolorirá
E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo
Que descolorirá
Giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo
Que descolorirá.

Lindo demais!
Beijosssssssssssss

11:12 AM  
Blogger Lia Noronha said...

Flávio: te encontreino caminhar da minha amiga laura...e adore td por aqui!
Abraçso e bom fimd e semana pr avc.

11:46 AM  
Blogger G. Pinheiro said...

Hehe! consertar o mundo é ótimo, também gostaria. Quando descobrir um jeito para tanto, me avise.

Até mais

2:41 PM  
Blogger Flávio said...

Tina, obrigado a vc... pela presença e amizade. Bjs, bom fds

12:25 AM  
Blogger Flávio said...

Olhos doces, não agradeça... vc merece! :) Bjs, bom fds, viu?

12:26 AM  
Blogger Flávio said...

Jéss, Aquarela... realmente linda! Uma das coisas mais bonitas do Vinicius... e isso não é dizer pouco, viu? Bjs, bom fds! :)

12:28 AM  
Blogger Flávio said...

Lia, obrigado; também gostei do cotidiano! :) Bjs, lindo fds

12:29 AM  
Blogger Flávio said...

Gabriel, fica tranquilo: se eu achar... vc vai descobrir! ;) Abração, bom fds

12:33 AM  
Blogger Ricardo Rayol said...

Se ali é a entrada do céu e é um areal sem fim... já imaginou andar ao sol do meio dia???? :-)))

Muito bem escrito Flávio.

9:10 AM  
Blogger Rita Contreiras said...

Lindo texto, linda imagem! Que bom seria se acreditássemos que podemos, cada um, com o nosso dedinho, fazer pequenos reparos no nosso mundo! Com certeza isso se refletiria no todo. Mas me consola saber que há pessoas como vc, espalhando ternura e beleza através do que escreve. Grande abraço. grande carinho, ótimo domingo.

10:09 AM  
Blogger Flávio said...

Ricardo, e quem disse que entrar no céu é fácil?! ;) Abração, bom domingo!

1:33 PM  
Blogger Flávio said...

Rita, brigado. Apenas por questão de justiça, uma pequena correção: há pessoas como NÓS... ;) Bjs, bom domingo

1:35 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Domingo indo....que segunda venha amarela de felicidade
beijosssssssssssss

6:39 PM  
Blogger Dono do Bar said...

Só na cabeça de uma criança, pura inocência, para "brincar" de consertar o mundo. Eu mesmo já fui um técnico nisso. Depois eu virei adulto.

Belíssimo texto (e que linda foto!)

Abraços.

DB.

6:50 PM  
Blogger Flávio said...

Clarinha, tomara mesmo... no fundo, tudo é uma questão de cores! ;) Bjs

10:22 PM  
Blogger Flávio said...

DB, acho que todos passamos por estes momentos... e os revivemos com nossos filhos! ;) Lamento que tenha acabado a sua folga... mas é bom ter vc de volta! :) Abração

10:24 PM  
Blogger luma said...

Quem ama a vida e as pessoas sempre quer mudar o mundo pra melhor!
Sabe que crescer não é bom quando ficamos conformistas e sisudos?
De vez em quando "baixa" uma criança por aqui! Simplificar a vida, viver o presente esquecendo-se por alguns momentos os problemas valem a eternidade!!
Boa semana! Beijus

11:53 PM  
Blogger Flávio said...

É por aí, Luma! :) Dar espaço à criança que existe em nós, significa aprender todo dia... e conviver melhor com nossos filhos! :) Bjs, boa semana

1:04 AM  
Blogger Jéssica said...

Oi, querido, um dia maravilhoso pra vc, beijo*.*

6:35 AM  
Blogger Olhos de mel said...

Flávio, passando pra desejar que sua semana seja cheia de realizações. Fique com Deus!
Bjs.

9:21 AM  
Blogger Flávio said...

Jéss, tks... e idem idem, viu? :) Bjs

10:13 AM  
Blogger Flávio said...

Olhos doces, brigadão. Esperemos que as nossas semanas sejam, mesmo. Vc já começou bem, com Lula, não foi? ;) Bjs

10:14 AM  
Blogger Fernando said...

Belíssima imagem, e o texto idem.
Abraço
Fernando

2:50 PM  
Blogger Marcia said...

Sei não, mas desconfio que o Flávio deve estar curtindo a bebedeira que ele tomou ontem depois de saber que o senhor presidente foi reeleito. Agora só não sei se a bebedeira é de alegria ou tristeza :)

3:50 PM  
Anonymous Anônimo said...

Lindo!

nem é preciso dizer mais nada...

um beijo...!

10:46 PM  
Blogger Flávio said...

Fernando, tks. A imagem, realmente, é impressionante! O texto... fala da criança que persiste em todos nós. :) Abração

12:21 AM  
Blogger Flávio said...

Márcia, pior que essa dúvida não é só minha... mas de 58 milhões!!! :) Tou de ressaca, não... é trabalho mesmo! :) Abração

12:23 AM  
Blogger Flávio said...

Anônimo, obrigado. E já que, pelo jeito, é anônima... retribuo! :) Bjs, boa semana

12:24 AM  
Blogger Mago said...

Otimo mesmo a visão da foto! Quando somos crianças tudo podemos concertar com apenas um olhar, um toque ou uma palavra.
Sobre o texto anterior é mesmo doentio aquele vaso, coisa mais sem graça e horrorosa. Rsss O lance do deputado foi engraçado, muito engraçado!

5:27 AM  
Blogger Jéssica said...

Voltei pra te beijar e rever essa imagem... Beijosssssssss

7:26 AM  
Blogger Flávio said...

Mago, pois é: nos achamos engraçado. Já ele... :) Abração

11:53 AM  
Blogger Flávio said...

Jéss, imagem realmente impressionante, não é? Faz bem à alma... Bjs

11:54 AM  
Anonymous marconi leal said...

Belíssimo e emocionante, Flávio. Muito bom.

2:05 PM  
Blogger Laura said...

Lindo post bj laura

3:03 PM  
Blogger Flávio said...

Marconi, obrigado. E a foto é linda, não é? Abração

8:10 PM  
Blogger Flávio said...

Laura, obrigado. São aqueles momentos que parecem fugir ao tempo, não é? :) Bjs

8:11 PM  

Postar um comentário

<< Home