9.14.2006

UMA HORA DE FOLGA


Amanhã, vou tirar uma hora de folga.

E caminhar pela beira da praia, preguiçosamente, os pés afundando na areia alva e recebendo a tépida carícia das ondas mansas.

Vou esquecer os problemas de todos os dias, que tantas vezes me roubam o gosto de viver. Preciso viver um pouco, pois não sei em qual esquina a morte me aguarda.

Não vou pensar em política, nem no trabalho; em nada que possa remeter-me de volta ao mundo. Nesta hora, pretendo não pensar nem nos filhos. Tentarei estar fora do tempo e do espaço, sonhando os meus sonhos e vivendo as minhas ilusões, entre o mar e o céu.

Vou andar sem pressa, como se pretendesse chegar ao fim do mundo. Ou a lugar algum, porque a viagem que pretendo é para dentro do meu Eu verdadeiro; ouvindo os meus sons, vendo nascer as minhas flores e respirando os aromas de minha alma.

Por apenas uma hora, vou trancar as minhas feras. Preciso delas, para enfrentar o mundo, mas amanhã não quero ouvir os seus urros; nem ver as suas garras, que tantas vezes me ferem no afã de defender-me.

E andarei ao entardecer, para que a luz do sol não me castigue os olhos, nem o seu calor me faça suar; nem as pessoas possam ofender a minha solidão, com os barulhos da sua convivência.


Quero estar completamente só, pois há muito não desfruto da minha própria companhia; não ouço as minhas perguntas e assim não consigo descobrir as minhas respostas. Fujo das minhas dúvidas e por isto não encontro as minhas certezas.

Amanhã, vou tirar uma hora de folga e caminhar descalço, pela praia; depois, terei de voltar ao carro, tirar a areia dos pés, vestir o personagem e retornar ao mundo. Mas, por algum tempo, terei o meu mundo.

E, embora não chegue a lugar algum, pelo menos nessa hora estarei mais perto de mim mesmo...

28 Comments:

Anonymous Lourdinha said...

... e lembrar da música do Almir Satter e Renato Teixeira:
... ando devagar porque já tive pressa... e levo meu sorriso porque já chorei demais...
Deixar os passos marcados, pra não se perder no caminho da volta...
Beijins

11:44 PM  
Anonymous cilene said...

bom fim de semana pra vc!! e pode caminhar por mim tambem..rsrs

8:30 AM  
Blogger Paulinho said...

Achei uma ótima idéia essa. Eu hoje vou tirar uma hora para encarar meus problemas, uma hora inteirinha dedicada a isso, mas depois vou procurar meus amigos.

8:45 AM  
Blogger Flávio said...

Lourdinha, essa tb é muito legal mas, enquanto eu escrevia, me parecia ouvir outra, tb do Renato Teixeira: "... até onde a gente chegar: numa praça na beira do mar, num pedaço de qualquer lugar...". Bjs

9:41 AM  
Blogger Flávio said...

Cilene, vou fazer isso por vc... calculo que, aí na Noruega, deve ser bem mais difícil! :) Bjs

9:42 AM  
Blogger Flávio said...

Paulinho, a minha hora não vai ser para encarar... mas para tentar esquecer! Encarar, é em todo minuto... :)

9:46 AM  
Blogger ajornalistabh said...

adoro praia
esse ano caminhei sozinha por lá quando viajei.....
aproveite bem o passeio
nada melhor do que andar a sós numa praia...
hummmmmmm
deu vontade agora!!
beijossssssss

2:07 PM  
Blogger Flávio said...

Nada melhor mesmo, né, Ricardinha? Tou indo daqui a pouco... :) Bjs

2:32 PM  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Que desejo tão significativo e simples o teu, caminhar de encontro ao teu eu...receber a brisa do mar, pensar e repensar, sorrir de coisa boa e não se deixar contagiar pelas doenças do mundo, que essa hora de folga te dê energia e confiança para seguir em frente.
Amei seu texto e me deu uma vontade louca de partilhar contigo desse caminhar...
linda noite querido,
beijosssssssssssss

8:21 PM  
Anonymous Clara said...

Que delicia se despir de si mesmo, e apenas SER!!

Bom final de semana, e eu com uma pontinha de inveja (mas das boas, ta!!) de vc! rs...

Beijos.

9:11 PM  
Blogger Flávio said...

Clarinha, o mar recarrega as nossas energias, sempre! Pode botar fé... é receita de baiano! :)

1:36 AM  
Blogger Flávio said...

Clara: delícia, sim... e cada vez mais rara! :) Entendo sua inveja, mas sei que vc está feliz! ;) bjs

1:39 AM  
Anonymous Serbon said...

Flavião, estás muito poético ultimamente - e isso é bom!!!!

9:59 AM  
Blogger Flávio said...

Serbon, e podia ser diferente em Porto Seguro? :)

10:34 AM  
Blogger Jéssica said...

...estar consigo mesmo num lugar como esse, não tem terapia melhor... bom fim de semana*.*

12:12 PM  
Blogger Flávio said...

Jéssica, tks... é mesmo uma grande terapia, pode acreditar! :)

6:06 PM  
Blogger Rita Contreiras said...

Que esse presente que vc está se dando resulte em mais qualidade para o cotidiano, e, aos poucos esse homem sereno possa impregnar o personagem de tal forma que ele possa carregar o mar e o céu no peito e silenciar em meio aos barulhos do dia a dia, escutando a voz do coração. Vc é maravilhoso e me inspira! Que Deus caminhe junto com vc e que o seu final de semana seja perfeito. Um abraço com muito carinho.

6:10 PM  
Blogger Flávio said...

Brigado, Rita!Que Deus caminhe conosco, em todos os dias da nossa vida, para que possamos ter um mundo melhor!...

6:23 PM  
Anonymous junior said...

Rapazzz que coisa mais bonita. A gente sempre esquece da gente mesmo né.

6:40 PM  
Blogger Flávio said...

Junior, pior que é! E, de vez em quando precisamos recarregar as baterias!... :)

7:28 PM  
Blogger luma said...

Flávio, pode ficar com inveja porque uma hora por dia me reservo a isso. Faço caminhada todos os dias, molhando os pezitos no mar!!
Ir de encontro à natureza, melhor maneira de ir de encontro ao eu!
Faça isso sempre!
Bom fim de semana! Beijus

9:15 PM  
Blogger Flávio said...

Luma, fiquei com inveja mesmo! Mas, nesta época de campanha, eu só poderia fazer isto se o dia tivesse 25 horas... pelo menos! :) Bjs

9:27 AM  
Blogger Rita Contreiras said...

Um domingo de muita paz. Beijo cheio de carinho.

10:21 AM  
Blogger Flávio said...

Rita, brigadão! Pra vc também, viu? :) Bjs

6:49 PM  
Anonymous Anônimo said...

Flávio, importante mesmo nesse mundo podermos-nos dedicar esse tempo. Que ele tenha sido reconfortante, feliz e que tenham sido de momentos que possam ter ficado eternizados na memória. Que tenha sido um bálsamo para aliviar o cansaço, as dores do dia a dia e as decepções que muitas vezes sucedem aos sonhos.

7:28 PM  
Blogger Flávio said...

anônimo, o tempo que dedicamos a nós mesmos sempre é reconfortante, feliz e fica guardado na memória. Pena que, normalmente, é tão pouco...

10:10 PM  
Blogger Hera said...

É muito bom mesmo, o mar, o vento, a areaia.. Renova as forças!!! Que inveja.. Beijos

11:12 PM  
Blogger Flávio said...

Hera, com certeza! A simples proximidade do mar nos renova as energias. Tou outro! :) Bjs

12:56 AM  

Postar um comentário

<< Home