5.02.2006

COISAS DE GAROTINHO


A primeiro, claro, é do próprio; do cara que faz jus ao apelido.

Como é que um cara resolve fazer greve de fome, por que diz que se acha “perseguido”? Um HOMEM discute, debate, faz valer as suas opiniões e os seus direitos. Um garotinho faz bico e diz: “Bem, assim não brinco mais!”.

Isto bem dá a medida do caráter, da inquebrantável força de vontade e da maturidade do Anthony Garotinho. Em vez de apresentar provas de inocência, ele apenas diz: “Tou de mal. Não como mais.”.

Sem trocadilhos, é um prato cheio para os humoristas de plantão; como o Kibe Loco, de onde tirei a ilustração do post de hoje. Mas, depois dessa, alguém vai ser idiota de votar num idiota desses?!


* * *

A segunda é do Evo “Coca” Morales, que resolveu nacionalizar as petrolíferas da Bolívia, ocupando-as com o exército. Sorte dos funcionários da Petrobrás, que ele é amigo do Lula; menos risco de serem metralhados.

Em plena época de globalização, de busca de investimentos externos, de comércio internacional e alianças entre os países, o cara resolve trafegar na contramão, numa rua de mão única. Fala em "resgatar o orgulho do povo boliviano", mas abandonou o caminho do diálogo, para tomar o da força. Será que ele espera tirar algo de positivo disso, além do aumento de sua popularidade pessoal?

Afinal, é como eu já disse: ele é amigo do Lula...


* * *

A terceira é a volta da discussão sobre as cotas nas Universidades Públicas. Até onde sei, a idéia é reservar 50% das vagas para alunos de escolas públicas e criar também cotas especiais para negros e índios.

Nenhum preconceito, muito pelo contrário. Acho que os negros são iguais aos brancos e os pobres são iguais aos ricos; não são retardados, que precisem de tratamento especial. Basta que recebam um ensino de qualidade, e poderão disputar as vagas em igualdade de condições.

Vejamos o que parece: em vez de melhorar o ensino público nas bases, o Governo diz: “Bem, vamos garantir que as mulas que nós formamos nas escolas públicas possam também fazer faculdade; assim, serão mulas com diploma universitário”.

Esta é, como dizemos aqui no nordeste, “uma idéia de jerico”. Não podemos esquecer que, depois de formadas, essas mulas serão os arquitetos que vão projetar nossas casas, ou os engenheiros que vão construí-las. Os jornalistas que vão informar o povo, e os professores que vão ensinar aos alunos.

Ou, pior ainda, os médicos que vão cuidar da nossa saúde; os cirurgiões que nos vão operar.

Confesso que essa perspectiva em nada me anima. Eu já vi no que deu uma mula na Presidência...

14 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Flávio, como você mesmo disse "coisas de garotinho" mesmo. Quem sabe, até o dia das eleições ele amadurece mais um pouquinho?
Criança faz cada uma...

Quanto a “Morales”, as conseqüências dessa decisão veremos mais tarde. Nenhuma nação de 3° mundo pode se achar auto suficiente para se fechar ao mundo. Claro que nos atingirá também, mas, quem será mais prejudicado com esse episódio?

Ufa! Essas cotas novamente, ninguém merece! Gostaria de saber qual percentual sobrará a brancos, cujos pais, com sacrifícios os livraram da farsa de ensino, dos colégios públicos? Mudou o objetivo dos vestibulares agora? É conhecimento, ou, de fato discriminação, por considerar, que apenas eles têm condições de aprendizado. Os outros precisam desse recurso?
Chega a ser até absurdo, admitir essas cotas, ao invés de moralizar e investir num ensino de qualidade, para que as escolas estaduais e municipais voltem a ter qualidade como antes.
Esse é um país de contradições mesmo. Me faz uma lei anti racismo e depois me vem com uma dessas.

2:20 AM  
Anonymous Serbon said...

o Garotinho virou piada. acho que as pretensões eleitorais dele acabaram.
no caso do Morales, ele acerta no atacado e erra no varejo. uma decisão dessas teria de ser negociada. agora quero ver quem vai investir lá. mas no caso do Eike, a Bolívia tem razão. o projeto era um absurdo, o cara ia usar carvão pra acender os fornos da siderúrgica. ia trazer poluição e exploração trabalhista. empresário é f***.
mas eu queria saber se fosse a Shell,se o índio teria o culhão que teve.
quanto às cotas, sou favorável. por uma questão simples - é uma situação emergencial. não adianta dizer que devemos investirc em ensino de qualidade, e esperar até lá. enquanto isso, os negros continuam subindo pelo elevador de serviço nos prédios das boas famílais burguesas.

8:52 AM  
Blogger Flávio said...

anônimo, pior que certas pessoas não crescem; continuam eternas crianças, querendo sempre que a vontade deles prevaleça...

12:13 PM  
Blogger Flávio said...

Serbon, cá pra nós, acho que o Garotinho já nasceu uma piada! :) Qt ao Morales, até admito que ele tenha uma certa razão, mas o que fez é igual a tomar um remédio que dá cancer, para tentar curar uma gripe. Qt às cotas, entendo o seu raciocínio, mas acho que medidas como essa irão fazer com que eles continuem subindo por esses elevadores, além d eprejudicar a comunidade; qd o Anador cura temporariamente a dor de dente, o brasileiro não vai mais ao dentista! :)
(caraca, tou medicinal hj! :)

12:23 PM  
Anonymous Rappha said...

Professor, tanto o garotinho como essas cotas são piadas de mau gosto, mas a nacionalização do Morales já era promessa de campanha.

7:30 PM  
Blogger Flávio said...

Rappha, eu sei. Mas, com tantas promessas que politicos fazem em campanha, o cara acha de cumprir logo a pior?! :)

9:21 PM  
Anonymous Junior said...

Dane-se o Garotinho, eu tou com o Alckmin.

12:11 AM  
Blogger Flávio said...

Junior, amigo, este é um blog sério, onde não indicamos candidatos. Descemos o pau em todos eles! :)

9:29 AM  
Anonymous Serena said...

Flávio: você se acha mesmo o dono da verdade?

7:58 PM  
Blogger Flávio said...

Não, Serena; esse é o Diogo Mainardi. Eu sou apenas um cara que gosta de dar a própria opinião... e ouvir a dos outros. :)

1:02 AM  
Blogger Paulinho said...

Cara Serena,
É muito comum as pessoas criticarem quem defende suas idéias e não tem medo de se expor. Eu mesmo sou vítima de comentários como o seu porque não me deixo convencer facilmente, embora esteja sempre aberto para a “opiniaum” dos outros. Você se deu ao trabalho de ler o blog? Eu, particularmente, estou tentado a evitar este tipo de discussão, principalmente depois de ter lido A Arte de Calar. Acho que hoje em dia todo mundo fala muito e diz pouco, mas entendo que é necessário discutir certas besteiras e acho este blog uma excelente opção neste sentido (não podia deixar de alfinetar). E, só para finalizar, a verdade não tem dono, minha cara, e é por isso que a gente pode fazer dela o que quiser.

Sobre os textos, fiquei esperando o que você iria dizer sobre a greve de fome do Garotinho e achei que você economizou. Será que ta faltando tempo para o Opiniaum?

Respondendo sua pergunta: NÃO. Mas o seu, eventualmente, seria um prazer e uma honra.

11:10 AM  
Anonymous Anônimo said...

Psulinho, assino embaixo de tudo que disse. Precisamos cada vez mais expressar nossa revolta, com tudo que vem acontecendo em nosso país. Não somos detentores da verdade, mas não podemos assistir a todo espetáculo, sem dizer que não queremos mais fazer papéis de palhaços.

12:51 PM  
Blogger Flávio said...

Paulinho, vamos por partes: primeiro, obrigado pela defesa, apesar da alfinetada. Segundo: o garotinho não merece muito minha atenção; temos besteiras mais interessantes. :) . Terceiro: o que vc entende por "eventualmente"? Gostaria, mesmo, que vc pudesse ilustrar o nosso blog.

10:13 PM  
Blogger Flávio said...

anônimo, obrigado tb pela defesa. Mas eu estaria contra o espirito do blog, se não deixasse que a Serena expressasse a opinião dela, não é? Além do que, convenhamos, ela me deu um ótimo gancho para a piada sobre o Mainardi... :)

10:16 PM  

Postar um comentário

<< Home