3.07.2013

DE MUITO MAU GOSTO!


Em viagem oficial à Bolívia, o então presidente Costa e Silva foi assim apresentado a um senhor de meia-idade: “- Este é o nosso Ministro da Marinha.” e reagiu, surpreso: “- Mas aqui não tem mar!”. Ouviu, em resposta: “- E daí? No Brasil não tem Ministro da Justiça?”.

É piada; e velha. Do tempo da ditadura militar. Mas me volta à mente, enquanto leio no UOL que Marco Feliciano, pastor evangélico, racista e homofóbico, foi eleito Presidente da Comissão de Direitos Humanos, na Câmara Federal.

Faz algum sentido pra vocês?  Tá certo que já temos o Renan presidindo o Senado, e o Henrique Alves a Câmara; tá certo que reelegemos pela terceira vez o Lula, agora de saias. Na Bahia, reelegemos até o pinguço do Wagner.

Mas assim, gente, é demais! Uma escolha dessas é mais que um retrocesso; é um atentado aos direitos humanos. Melhor fechar logo a Comissão.

Segundo o UOL, em 2011, ele usou o Twitter para dizer que os descendentes de africanos seriam amaldiçoados. "A maldição que Noé lança sobre seu neto, Canaã, respinga sobre o continente africano, daí a fome, pestes, doenças, guerras étnicas!", escreveu.

Em outra ocasião, postou na rede social que "a podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam (sic) ao ódio, ao crime e à rejeição". No ano passado, o pastor defendeu em debate no plenário os tratamentos de "cura gay", combatidos por todos os psicólogos... menos o Silas Malafaia, bem entendido.

Ele nega as acusações de racismo e homofobia. Ontem, ele negou ser homofóbico. "Não sou contra os gays, sou contra o ato e o casamento homossexual.”. Ou seja: ele não é contra a pessoa que sente sede... a menos que ela beba água.

E agora? Com o lobo cuidando dos carneiros, vão aumentar ainda mais os ataques racistas e homofóbicos, que fazem centenas de vítimas em nosso País, todos os anos? O que vai ser das minorias, se o homem que deveria comandar a sua defesa é reconhecidamente contra elas?

Decerto, os nobres deputados nada farão contra este verdadeiro absurdo! Cabe a nós, à opinião pública, pressionar para reverter esta situação. Qualquer que seja a nossa cor ou orientação sexual, precisamos unir-nos, em defesa do direito que cada um tem de viver a sua própria vida. 

Ou em breve teremos Tiririca presidindo a Comissão de Educação e Cultura, Fernandinho Beira-Mar dirigindo a Comissão de Justiça e até (quem sabe?) Torquemada sendo ressuscitado, para presidir a Comissão de Liberdade Religiosa.

Só pode ser piada. E de mau gosto!  

2 Comments:

Blogger Olhos de mel said...

Querido Flávio; sinto que nesse aspecto político, temos regrido, ou involuído. E esse é o país que tem Lei contra racismo... Aliás como disse a piada, existem cargos que não conseguimos entender pra que, mas acho que como as cadeiras precisam ser ocupadas, se coloca alguém, para ser testa de ferro. Porque a presidente, para não ficar mal vista entre o grupo GLS, declarou apoio total, porém o decorrer do tempo nos mostrou, que não era bem assim. Então ele foi colocado, creio eu, exatamente para provocar uma polêmica, nesse tal liberalismo.
Mas vai entender viu?
Beijos

6:05 PM  
Anonymous De... said...

Parece mesmo piada de mau gosto, Flávio... mas infelizmente é uma realidade a mais, passível de ser ironizada internacionalmente.
O desmando político agindo em retrocesso, o "rabo preso" a legendas partidárias, dá nisso.
Mas há um lado positivo... o povo está aprendendo a gritar.
Através dos meios de comunicação e das redes sociais mais pessoas vão se inteirando, e pegando o gostinho pela liberdade democrática.
Então, "vamo que vamo"...

Beijos...

12:28 PM  

Postar um comentário

<< Home