8.01.2009

FAXINANDO A CASA

Às vezes, a criatura se torna maior que o criador.

Algo que começou como passatempo se torna uma espécie de obrigação. Por exemplo: o baba da terça, onde você não consegue mais deixar de ir; a cervejinha da sexta, no bar da esquina, que vira quase uma obrigação.
É como acontece com as mulheres, que deixam de sair de casa, para não perder o capítulo da novela; ou como o filho, que você não consegue levar para a praia porque ele tem que assistir o Goku (ô nomezinho cretino!). É mais ou menos por aí.

Isto aconteceu com o Opiniaum: eu já via como obrigação a postagem semanal, as visitas a blogs, a resposta aos comentários. Era bom, sim, mas começava a consumir tempo: e, quando as campanhas políticas esquentaram, deixei de dispor deste tempo.

Resultado: deixei o blog, há quase dois anos. E, mesmo depois das eleições, não me inclinei a voltar. Até porque estou lutando com a balança, o que me consome duas horas diárias em caminhada; todo dia, acreditem. E, infelizmente, não tem adiantado muita coisa.
Acontece que sinto falta. Dos amigos que fiz na blogosfera e, de vez em quando, de escrever. Por isto, estou voltando: devagar e em outras bases. Para postar ocasionalmente, quando algo me inspirar; ou revoltar, o que é bem mais comum.

O primeiro passo foi uma faxina na casa, claro. Até porque muitos amigos que eu havia lincado também já desativaram os blogs, ou deixaram de escrever; e não faz sentido dar endereço de quem já não mora nele, né? Conservei apenas os links dos blogs que estão atualizados.

Estou de volta. Sem postagens periódicas, sem visitas assíduas e quase sem links. Apenas para escrever de vez em quando, sem preocupações de ser lido. Escrever pelo prazer de escrever.

Como deve ser, não é?
A ilustração? Não, não é o pessoal que ajudou na faxina...
infelizmente!

7 Comments:

OpenID escalafobetico said...

Salve Salve, bom ter o querido amigo de volta.
Eu tb estou meio devagar com o blog, parece que o twitter tem suprido a necessidade de expressão, e parece também que as pessoas estão cada vez menos aderentes à leitura, querem tudo rápido. Mas é ,bom te-lo novamente na ativa.
Um grande abraço

11:48 AM  
Blogger Claudinha ੴ said...

Olá!
É por isto que eu amo a blogosfera. Escrever pelo prazer de escrever, sem me preocupar com "obrigações". É bom que esteja de volta e, ainda, com a casa limpa, a mente limpa. É como respirar fundo e sentir tudo em ordem. Bom mesmo!

2:26 PM  
Blogger Marcia said...

Flávio, eu também continuo assim, devagar quase parando, mas parar de vez é difícil :D

Boa semana para você!

6:20 AM  
Blogger Tina said...

Oi Flávio!

Saudade de você por aqui meu amigo! E a sua faxina foi feita, digo, ilustrada, por "poderosas mulheres"... (rs)

Concordo com você quando diz que não vale ser obrigação, não vale mesmo.

beijos meu querido, boa semana.

1:56 PM  
Anonymous De... said...

Escrever tem que ser por prazer mesmo...e quando assim é, contagia quem lê.
Cheguei por aqui após uma faxina extensa...e o mínimo que posso fazer é parabenizá-lo pelas "faxineiras".

Um abraço...

12:54 PM  
Blogger Luma said...

Seja bem-vindo!! Nada como obrigação é bom!! Pode não ter emagrecido, mas garanto que o colesterol diminuiu!! Blogar pelo simples prazer de blogar!! Ainda não definiram o verbo, mas já já descobrem que blogar não é simplesmente escrever em blogue. A faxina? Necessária!! Beijus

10:13 PM  
Anonymous Fábio Mayer said...

Que bom que voltou, seja bem vindo!

6:10 PM  

Postar um comentário

<< Home